Em cartaz no Cine Banguê de 02/03 a 15/03

18/03
15h: O homem que caiu na terra
18h: Eu, Daniel Blake

19/03
16h: Jonas e o Circo Sem Lona
18h: Neruda

20/03
18h30: Precisamos falar do assédio
20h30: Eu, Daniel Blake

21/03
19h: O homem que caiu na terra

22/03
17h30: Jonas e o Circo Sem Lona
19h30: Tintin Cineclube

23/03
18h30: Precisamos falar do assédio
20h30: Neruda

25/03
15h: O homem que caiu na terra
18h: Precisamos falar do assédio

26/03
16h: Jonas e o Circo Sem Lona
18h: Eu, Daniel Blake

Informações sobre os filmes:

O Homem que Caiu na Terra
Reino Unido l 1976 l Ficção científica, Drama l 139 min. l Zeta Filmes
Diretor: Nicolas Roeg
Elenco: David Bowie, Rip Torn, Candy Clark, Buck Henry, Bernie Casey, Jackson D. Kane, Rick Riccardo, Tony Mascia
Classificação indicativa: 16 anos
Formato de exibição: DCP
SINOPSE: A lenda David Bowie é o alienígena humanoide Thomas Jerome Newton, na antológica ficção científica do diretor Nicolas Roeg. Newton chega à Terra com a missão de levar água ao seu distante planeta natal que vive uma seca catastrófica. Usando a tecnologia avançada de seu planeta para patentear muitas invenções na Terra, Newton, auxiliado pelo advogado Oliver Farnsworth, fica milionário como o líder de um conglomerado tecnológico. E ainda na Terra vive um relacionamento com a camareira Mary-Lou. Bowie, em sua estreia como ator, cria com seu visual andrógino a perfeita imagem de um homem que veio do espaço.

Neruda
Chile, Argentina, França, Espanha, Estados Unidos l 2016 l Drama/Biografia l 107 min. l Imovision
Diretor: Pablo Larraín
Elenco: Luis Gnecco, Gael García Bernal, Mercedes Morán, Alfredo Castro
Classificação indicativa: 14 anos
Formato de exibição: DCP
SINOPSE: Chile, 1948. A chamada Lei Maldita do governo de Gabriel González Videla está a todo vapor para prender os militantes comunistas. Entre eles, o poeta Prêmio Nobel, Pablo Neruda (Luis Gnecco), que começa a ser perseguido incansavelmente pelo inspetor Óscar Peluchonneau (Gael Garcia Bernal).

Eu, Daniel Blake
Inglaterra l 2016 l Drama l 97 min. l Imovision
Direção: Ken Loach
Elenco: Dave Johns, Hayley Squires
Classificação indicativa: 12 anos
Formato de exibição: DCP
Sinopse: Após sofrer um ataque cardíaco e ser desaconselhado pelos médicos a retornar ao trabalho, Daniel Blake busca receber os benefícios concedidos pelo governo a todos que estão nesta situação. Entretanto, ele esbarra na extrema burocracia instalada pelo sistema, amplificada pelo fato dele ser um analfabeto digital. Numa de suas várias idas a departamentos governamentais, ele conhece Katie, a mãe solteira de duas crianças, que se mudou recentemente para a cidade e também não possui condições financeiras para se manter. Após defendê-la, Daniel se aproxima de Katie e passa a ajudá-la.
Jonas e o circo sem lona
Brasil l 2015 l 81 min. l Documentário l Vitrine Filmes
Direção: Paula Gomes
Classificação indicativa: Livre
Sinopse: Jonas tem 13 anos e seu sonho é manter vivo o circo que ele mesmo criou no quintal de sua casa. Enquanto luta por isso, Jonas vai atravessar a grande aventura de crescer.

Precisamos falar do Assédio
Brasil l 2016 l 80 min. l Documentário l Mira Filmes
Direção: Paula Sacchetta
Sinopse: Na semana da mulher, uma van-estúdio parou em nove locais em são paulo e no rio de janeiro. O objetivo era coletar depoimentos de mulheres vítimas de qualquer tipo de assédio. ao todo, 140 decidiram falar. são relatos de mulheres de 14 a 85 anos, de zonas nobres ou periferias das duas cidades, com diferenças e semelhanças na violência
que acontece todos os dias e pode se dar dentro de casa, em um beco escuro ou no meio da rua, à luz do dia. no filme, temos uma amostra significativa, 26 deles. nos depoimentos puros, sem qualquer tipo de interlocução ou entrevista, acompanhamos um desabafo, um momento íntimo ou a oportunidade de falarem daquilo pela primeira vez.

5 comentários em “Em cartaz no Cine Banguê de 02/03 a 15/03

  • 4 de março de 2017 a 22:28
    Permalink

    Pessoal, qual a programação do Festival Lume?

    Responder
  • 9 de março de 2017 a 08:09
    Permalink

    Que tal a exibição de filmes brasileiros(Chanchadas) tanto da Atlântida como da Herbertrichers.

    Responder
    • 15 de março de 2017 a 13:51
      Permalink

      Amanhã (16/03/2017)

      Responder

Deixe uma resposta