Sinfonia do brasileiro Radamés Gnattali é destaque no concerto da OSPB Jovem

 OSJPB_3º concerto_14.06.18_Foto Thercles Silva (10)A Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba apresenta concerto nesta quinta-feira (18/10), com regência do maestro Luiz Carlos Durier e a participação dos clarinetistas Juan Ardila e Danielly Dantas. A execução da “Sinfonia Popular nº 1”, do músico brasileiro Radamés Gnattali, será o destaque do concerto, que começa às 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, em João Pessoa, com entrada gratuita.

A abertura do 6º Concerto Oficial da Temporada 2018 da OSJPB será a “Bacchanalle”, da Ópera Sansão e Dalila, de Camille Saint-Saens (1875-1921), compositor francês, organista, maestro e pianista da Era Romântica. Em seguida, os jovens músicos vão executar “Concertante para dois Clarinetes e Orquestra, Op. 44”, de Friedrich Muller (1867-1942), com os músicos Juan Ardila e Danielly Dantas como solistas.

A música de encerramento do concerto será a “Sinfonia Popular nº 1 (Allegro moderato, Expressivo com fantasia, Com espírito (Baião), Allegro)”, do arranjador, compositor e pianista brasileiro, nascido em Porto Alegre, Radamés Gnattali (1906-1988).

“O concerto está bastante eclético”, disse o maestro Luiz Carlos Durier. “As músicas escolhidas do repertório são todas muito interessantes, das quais nós temos a destacar a virtuosidade da Bacchanalle da Ópera Sansão e Dalila, que é a música que faz parte do ballet da ópera. Tem momentos de muita alegria e muita paixão. Inclusive, tem uma canção muito apaixonada no meio dessa obra. É uma obra que requer muita habilidade técnica e muita expressividade por parte dos músicos para que a gente possa fazer o melhor”, destacou.

“A segunda obra é uma concertante para dois clarinetes e orquestra, de Friedrich Muller, que será apresentada por dois integrantes da orquestra, que são Juan Ardila e Danielly Dantas, exímios clarinetistas. Essa obra está sendo tocada pela primeira vez aqui e vai fazer parte do programa porque esse concerto será em homenagem ao clarinetista argentino Carlos Rieiro, que completa 40 anos de atividades como artista, como clarinetista e como professor aqui em João Pessoa. Vai ser uma maneira da Orquestra Jovem fazer uma homenagem tocando essa obra cujos solistas são dois alunos dele, inclusive”.

O maestro destaca ainda a obra que vai encerrar essa apresentação da OSJPB. “A Sinfonia Popular nº 1, de Radamés Gnattali, é uma música brasileira de muito bom gosto, uma obra sinfônica de muita qualidade musical e técnica e faz parte daqueles objetivos da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba de sempre colocar música brasileira nos seus concertos. Nós entendemos que a música sinfônica brasileira precisa ser tocada, divulgada, e essa em particular é uma obra prima”, ressaltou.

O clarinetista Carlos Rieiro, homenageado nesse concerto, foi professor da Universidade Federal da Paraíba, integrante fundador do Quinteto Latinoamericano de Sopros e clarinete solista e diretor da Orquestra Sinfônica da Paraíba. Atualmente, ocupa o cargo de professor de clarineta da Escola Estadual de Música Anthenor Navarro (EEMAN), em João Pessoa.

Solistas

Juan Ardila – O clarinetista nasceu em Popayán (Colombia), mas atualmente reside em João Pessoa. Iniciou seus estudos na Colômbia, na Escola de Música da Banda Sinfônica Municipal de Chia e depois no Conservatório Nacional de Música. Trabalhou na Banda Sinfônica Profissional do Estado de Cundinamarca e realizou uma turnê junto com a Banda Sinfônica de Chia pela Europa, participando no World Music Contest WMC Kerkrade na Holanda.

Posteriormente estudou na Longy School of Music of Bard College na cidade de Boston, onde foi clarinetista principal da “Symphony Pro Musica”. Também fez parte da “Boston Philharmonic Youth Orchestra”, dando recitais nos principais auditórios da costa leste dos Estados Unidos, tais como, Boston Symphony Hall, Harvard’s Sanders Theater e em Nova Iorque no Carnegie Hall, estreando como clarinete principal. A orquestra também viajou em uma turnê pela Espanha, tocando nos principais auditórios do país.

Atualmente é estudante do bacharelado em Música da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com ênfase em clarinete, sob orientação da professora Aynara Silva, e faz parte do curso avançado em Clarinete do professor Carlos Rieiro na Escola de Música Anthenor Navarro.  Integrou o naipe de clarinetes da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba e atualmente é segundo clarinete da Orquestra Sinfônica da Paraíba.

Juan Ardila está representando a Paraíba na competição do Programa Prelúdio da TV Cultura, estando já na semifinal do concurso.

Danielly Dantas – Mestra em Etnomusicologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e bacharel em Música com Habilitação em Clarinete pela mesma instituição, iniciou seus estudos musicais no ano de 2002 na Banda de Cruzeta, no Rio Grande do Norte.

Participou de diversos seminários promovidos pela Fundação José Augusto (FJA) no interior do Rio Grande do Norte, do II e III Festival Internacional de Música de Campina Grande (PB), da Semana da Música 2011 de Natal (RN), do Painel Funarte de Bandas de Música 2011, em João Pessoa (PB) e do X Encontro Brasileiro de Clarinetistas em Natal (RN). Atuou como professora de clarinete do I Festival de Música de Almino Afonso (RN), do I Seminário de Formação Técnica Musical de Bandas Filarmônicas do Rio Grande do Norte e da I Mostra de Música Instrumental de Santa Luzia (PB). Já fez participações em CDs de artistas regionais e integrou os grupos musicais Banda Sinfônica José Siqueira, Orquestra Sinfônica Jovem da UFPB, Orquestra Nordestina Unha de Gato, Big Band Rubacão Jazz, Banda Municipal 5 de Agosto, Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa, entre outros.

Atuou entre 2014 e2016 como professora substituta de clarinete e saxofone do Conservatório de Música da UERN/Campus Mossoró (RN), onde também coordenou e atuou nos grupos UERN Big Band, CLARUERN – Camerata de Clarinetes da UERN (grupo criado por ela), e foi clarinetista no Grupo de Choro Ingênuo.

Atualmente é professora de saxofone e clarinete na Escola Estadual de Música Anthenor Navarro, clarinetista na Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba e atua como clarinetista e saxofonista na cena independente de João Pessoa.

Regente

Paraibano de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) há 21 anos. Seu trabalho direcionado para jovens músicos em formação tem reconhecimento em todo o Brasil. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB).

Como regente convidado, conduziu a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe, Orquestra Sinfônica da UFRN e Orquestra Criança Cidadã do Recife. Durier também regeu a Orquestra de Cordas da 29ª e 30ª Oficina de Música de Curitiba. No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo desempenho profissional frente à OSPB.

Entre suas atividades, conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente e do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Com a OSPB e a OSJPB, esteve à frente de concertos com artistas populares como Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zélia Duncan.

Por três anos consecutivos, Luiz Carlos Durier regeu a Orquestra Sinfônica da Paraíba e a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em grandes concertos comemorativos ao aniversário da cidade de João Pessoa, com artistas paraibanos, que lotaram o Teatro Pedro do Reino, no Centro de Convenções. No dia 5 de agosto de 2016, a apresentação teve como destaque o cantor e compositor Zé Ramalho; no ano passado, as atrações foram as cantoras Cátia de França e Nathalia Bellar, e neste ano, o também paraibano Chico César foi o destaque da apresentação em homenagem aos 433 anos da capital paraibana.

Próximos Concertos

Mais dois concertos estão programados para o próximo mês: no dia 8 de novembro, haverá apresentação da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB), e no dia 14, da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB). As apresentações acontecem na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural.

 

Serviço

OSJPB_3º concerto_14.06.18_Foto Thercles Silva (8)6º Concerto Oficial da Temporada 2018 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba

Regente: Luiz Carlos Durier

Solistas: Juan Ardila e Danielly Dantas (clarinete)

Dia: 18/10/2018 (quinta-feira)

Hora: 20h30

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, João Pessoa

Ingresso: Gratuito

——-
Assessoria de imprensa – OSPB

Deixe uma resposta