Cristina Carvalho expõe ‘Escombros existenciais’

A exposição ‘Escombros existenciais’, da artista visual Cristina Carvalho, será aberta, nesta sexta-feira, dia 28, a partir das 19h, na Galeria de Arte Archidy Picado, na Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), em João Pessoa e fica aberta à visitação até o dia 28 de outubro.

 É uma exposição que configura-se como site-specific da planta baixa de uma casa, demarcada por fita adesiva de piso, no chão da galeria, que é dividida em quatro cômodos: sala, cozinha, quarto e banheiro. Em cada ambiente ficam dispostos conjunto de obras que dialogaram com os cômodos.

 O conceito de casa faz analogia ao estado íntimo do ser humano, do corpo como abrigo de subjetividades, de sentimentos, da sua condição efêmera e transitória. “Desde do ano 2011, venho desenvolvendo a seleção de objetos de memória afetiva, assim como o estudo de obras literárias que possam contribuir na contextualização da exposição”, disse Cristina.

 Conforme a curadoria da exposição, Cristina Carvalho desvela sua visão de mundo e avalia o lugar do indivíduo na sociedade de consumo. “Desses escombros a artista extrai matéria prima para criação de seus trabalhos, como se viver fosse uma obra em processo ou uma casa ou uma vida em eterna reforma e frequentes mudanças”, disse Fábio Queiroz, da curadoria.

 Foto_artista2A artista

Cristina Carvalho é uma artista visual e arquiteta nascida em João Pessoa, em 1978. Vem expondo nos últimos 13 anos, em coletivas e também individuais. Estreou no VII Salão dos Novos Artistas Plásticos, na capital paraibana, em 2005. Um ano depois, realizou uma mostra individual: ‘Tecelã’, na Galeria de Arte Casarão 34.

Em 2015, realizou a exposição individual ‘Calcar’, no Ateliê Multicultural Elieonai Gomes, na Ladeira da Borborema, no Centro Histórico de João Pessoa. É no mesmo local que ela está participando de uma mostra coletiva, no Festival Aiê. Em 2013, a artista publicou o livro ‘Verso reverso’, patrocinado pelo Fundo Municipal de Cultura – FMC.

Deixe uma resposta