Filme sobre bastidores do impeachment de Dilma continua em cartaz no Bangüê

 

o processo5‘O processo’ teve estreia nacional na última quinta-feira, dia 17, com exibições também no Cine Bangüê da Fundação Espaço Cultural da Paraíba, em João Pessoa, em duas sessões: 17h30 e 20h.  O filme é sobre o golpe contra a ex-presidenta Dilma Rousseff e permanecerá em cartaz até o mês de junho (acompanhe nossa programação http://funesc.pb.gov.br/?p=814). 

Os ingressos da estreia (R$ 10 inteira e R$ 5 meia) podem ser adquiridos a partir das 16h30. A classificação indicativa é livre. O documentário segue em cartaz no Cine Bangüê até junho, com sessões semanais.

 O filme de Maria Augusta Ramos (diretora de ‘Seca, ‘Justiça’, ‘Juízo’ e ‘Morro dos prazeres’) tem duas horas e 20 minutos e foca nos protagonistas do processo que destituiu Dilma, em 2016, na Câmara e no Senado.

Na sua estreia mundial, em 21 de fevereuri de 2018, no Festival de Berlim, o filme foi aplaudido sob gritos de “Bravo”.

A produção foi custeada pela Nofoco, produtora responsável por filmes anteriores da cineasta, que completou o orçamento com uma campanha de financiamento coletivo e aportes do World Cinema Fund e do Canal Brasil.

Sem voz em ‘off’ nem entrevistas, ‘O processo’ registrou, inclusive, reuniões a portas fechadas com a presença do advogado José Eduardo Cardozo e os senadores e assessores da liderança do PT e da minoria no Senado.

Deixe uma resposta