Terceira semana do Cardume 2018 tem “Folia no Matagal”, “Horizonteabismo” e “A Erudita”

 

Colagem sem títuloO Circuito Cardume 2018 chega à sua terceira semana com três atrações e seis apresentações teatrais, começando nesta terça-feira (23) com o espetáculo “Folia no Matagal”, do Evoé, Grupo de Teatro da Funesc. A mesma peça será reapresentada na quarta-feira (24). A atração de quinta (25) e sexta (26) é “Horizonteabismo”, com Mylla Maggi e Débora Reges (dança). No sábado e domingo, o público pode assistir à peça “A Erudita”, com Priscilla Cler. Todas as sessões ocorrem às 20h, no palco do Theatro Santa Roza. A entrada custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

 

Até 4 de fevereiro, estão previstas 27 apresentações de 15 atrações nas áreas de teatro, dança e circo para públicos de diferentes faixas etárias. Na primeira semana de apresentações, passaram pelo palco do Circuito Cardume os espetáculos ‘Plenitude’ (Laboratório de Pesquisa Aérea); ‘Trupeçando’ (A Trupe de um Homem Só) e “Efêmero” e ‘Aurora das Fadas’ (Ponto Triplo Centro Cultural).  A segunda semana contou com “Outubros”, do grupo Osfodidários e Dudha Moreira; “Travessia”, do Grupo Graxa de Teatro,“Girandei”, da Cia. Oxente e “Nego”, do Grupo Taty.

 

 

Sobre o projeto – Tomando como base a ideia de coletivo e a perfeita sincronia entre os membros de uma mesma equipe, os peixes que habitam os espelhos d’água do Espaço Cultural José Lins do Rego serviram de inspiração para o nome do projeto de ocupação lançado pela Funesc há dois anos para preencher a pauta dos teatros Paulo Pontes e Santa Roza ao longo do mês de janeiro. Intitulada “Cardume”, a ação este ano traz 16 espetáculos de teatro, dança e circo.

 

O projeto nasce da necessidade de ocupar esses locais durante o mês de janeiro, além de oferecer mais uma opção de lazer aos turistas que visitam a capital paraibana durante o período de alta estação. A ideia é proporcionar um ambiente de circulação de espetáculos paraibanos. A curadoria dessa primeira edição fica por conta dos fóruns de teatro, dança e circo, representados por Antônio Deol, Rafaela Lira e Marinalva Rodrigues, respectivamente.

 

O Cardume é uma iniciativa da Funesc desenvolvida por meio das coordenações de teatro (Suzy Lopes), dança (Ângela Navarro) e circo (Diocélio Barbosa), áreas envolvidas no projeto. Além de estabelecer uma consistente agenda de programação ao longo do mês de janeiro, o projeto dá acesso ao público em geral ao que está sendo produzido na cena paraibana. Verdadeira vitrine para grupos de artistas paraibanos, o projeto contribui para a formação de público oferecendo atrações de alto nível a preços acessíveis, além de oferecer a oportunidade aos grupos de escolas de formação artística.

 

 

Programação Geral Circuito Cardume 2018

Ingressos: R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira)

 

TERCEIRA SEMANA – Theatro Santa Roza:

23 e 24 – Terça e Quarta

20h – FOLIA NO MATAGAL – Evoé Grupo de Teatro da Funesc (Teatro)

 

25 e 26 – Quinta e Sexta

20h – HORIZONTEABISMO – Mylla Maggi e Débora Reges (Dança)

 

27 e 28 – Sábado e Domingo

20h – A ERUDITA – Priscilla Cler

 

QUARTA SEMANA – Teatro Paulo Pontes:

30, terça

20h – A MAGIA DO LAGO – Escola de Dança do Theatro Santa Roza

 

31/01 Quarta

19h – PINÓQUIO – Escola de Dança do Theatro Santa Roza

 

01 e 02/02 – Quinta e Sexta

BOCA DE FORNO – Coletivo Som e Osso (Dança)

 

03 e 04/02 – Sábado e Domingo

17h –  AURORA DAS FADAS – Ponto Triplo Centro Cultural

20h – VERISSIMOS VORAZES – D’Vorazes de Teatro (Teatro)

 

Deixe uma resposta