Projeto Interatos tem dança, circo, teatro e homenagem a Cristovam Tadeu

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) realiza, nos dias 6 e 7 de maio, mais uma edição do projeto “Interatos – mostra e formação permanente de teatro, dança e circo”. A programação do mês traz uma homenagem ao humorista Cristovam Tadeu, falecido em abril deste ano. A homenagem coincide com a data de aniversário do artista que completaria 55 anos no sábado (6). A apresentação acontece às 20h, no Teatro Paulo Pontes e será comandada pelo maestro Carlos Anísio, o ator Edilson Alves, contando com a participação de convidados. A entrada é gratuita.

No domingo (7), no mesmo palco, o público conta com duas atrações, começando pelo espetáculo circense “Scabum”, às 16h, com o grupo Agitada Gang (PB). Às 20h, quem sobe ao palco é Gabriela Santana (SP/PE), com o espetáculo “Erranças”. A entrada para cada uma das apresentações custa R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira).

CRISTOVAMTADEU1 Homenagem a Cristovam Tadeu – A encenação fica por conta de Edilson Alves, ator e diretor de teatro. Performance criada especialmente para celebrar o aniversário do humorista nascido em 6 de maio. A música é do maestro Carlos Anísio, de quem surgiu a ideia do evento e a homenagem contará, ainda com a exibição de um vídeo produzido por Caio Cagliane. A atriz Luana Valentim, filha do humorista homenageado, está assessorando na produção que mescla humor com as imitações eu marcaram as passagens do artista nos lugares onde se apresentou.

Workshop de dança – Erranças: a performatividade e a improvisação na capoeira – Compartilhamento de experimentos desenvolvidos para a improvisação e a criação em dança. Dinâmicas investigativas embasadas na performatividade da capoeira para processos de subjetivação e expressão do performer. Foco na ação e percepção para a construção de poéticas singulares.

Espetáculo “Erranças – A performance é uma composição aberta à improvisação. O trabalho de corpo é orientado por princípios de movimento da capoeira Angola, bem como por um “corpo simbólico”, construído por elementos, aspectos e códigos pertencentes à capoeira e a expressões populares que transitam por este universo, tais como o candomblé e o samba.  Sendo assim, a corporalidade construída é inspirada por arquétipos e tensões corporais advindas do sentimento de devoção e força, expressos por impulsos ora implodidos ora explodidos.   A improvisação organiza a ordem das cenas por meio do diálogo com estímulos e ambiência sonora proposta em tempo real pelo músico Jair Coelho.            Para além da dança, são propostas ações como: fazer dobradura, falar ao microfone e andar a deriva pelo espaço onde a performance atravessa – entre espaços fechados e a rua. Trata-se de uma ação performativa que mescla, a partir dos elementos acima descritos, (ações e diálogo entre corpo e som) tempos distintos, por vezes caracterizado por uma temporalidade remota e ancestral e, por vezes, por tomadas de decisão realizadas em tempo real.            A performance provoca o espectador a sentir a tensão de um corpo oprimido que resiste e cria maneiras de dialogar com sensações internas e estímulos provocados e ou captados em tempo real. Ficha técnica: Pesquisadora e dançarina: Gabriela Santana | Assistência artística: Bárbara C. Santos | Trilha e ambiência sonora: Jair Coelho | Designer: Iara Sales Agra | Figurista: Gabriela Holanda | Confecção do figurino: Verena e Patrícia Duarte| Assessoria de imprensa: Ana Paula Rocha | Produção: Marcela Malheiros |  Vídeo artista e iluminação: Tonlin Cheng | Cenotécnico: Tiago Acioli.

scabum_foto-RafaelPassos (57)Scabum – O espetáculo é destinado ao público infanto-juvenil, que conta a história de três palhaços donos de uma oficina onde tudo se conserta, tudo é possível ser reparado até um dia eles receberem uma encomenda que irá mudar a rotina do local. Algo que eles jamais imaginavam receber para consertar. Não há fala, toda a construção do espetáculo é baseada na performance do ator, na gague do palhaço, na pesquisa corporal e sonora que o grupo pesquisou, no estudo e investigação do trabalho de palhaço e da arte de fazer rir. A fonte de pesquisa neste espetáculo foi o fabuloso mundo dos três patetas Moe Howard, Larry Fine, Curly Howard, atores americanos consagrados pelo cinema e pela arte de fazer rir.

 

Parceria com a PBGás – A Companhia Paraibana de Gás (PBGás) e a Fundação Espaço Cultural da Paraíba estão juntas na realização do projeto Interatos, colocando a cidade de João Pessoa no roteiro das principais produções de teatro, dança e circo do país.

Este ano, foi assinado contrato de patrocínio entre a PBGás e a Funesc para a realização do projeto Interatos, que promove atividades permanentes entre os meses de março a dezembro, sempre no primeiro fim de semana do mês, com espetáculos cênicos do Brasil e da Paraíba.

Dentro do projeto Interatos serão desenvolvidos, ao longo do ano, atividades de formação e espetáculos de teatro, circo e dança patrocinado pelo Boticário e a PBGás, através da Lei Rouanet.

Patrocínio de O Boticário – O patrocínio de O Boticário é resultado de um edital nacional da empresa. O Interatos teve projeto aprovado no ‘O Boticário na Dança’, um programa de patrocínios a projetos culturais voltado exclusivamente para a área da dança.

‘O Boticário na Dança’ é estruturado com a finalidade de contribuir para a preservação, a valorização e o acesso à dança e às suas diversas manifestações; fortalecer a produção cultural de grupos, criadores e artistas; e estimular a formação de público e talentos para a área.

Os apoios são direcionados a festivais, mostras, espetáculos, manutenção de companhias, circulação, produção de vídeos, livros e periódicos, sites, cursos, workshops, oficinas, palestras, fóruns, exposição fotográfica e exibição de vídeos e filmes.

 

Interatos – Realizado pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba, o ‘Interatos – Mostra e Formação Permanente de Dança’ promove mensalmente apresentações e atividades formativas (oficinas, cursos, debates, rodas de conversa, seminários) com artistas paraibanos, nacionais e internacionais.

Sob coordenação de Ângela Navarro, o setor de Dança tem programação regular nos equipamentos da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego (Funesc), complexo cultural com uma das maiores áreas construídas na América Latina, lugar central e seguro que possui entre seus equipamentos uma escola de dança, com cerca de 500 alunos.

 

Serviço:

Interatos maio

Dança

06/05 – Workshop “Erranças” a performatividade e a improvição na capoeira | Ministrante: Gabriela Santana (SP/PE)

14h às 17h – Local: Sala 5, mezanino 2

Inscrições gratuitas pelo e-mail: dancafunesc@gmail.com

Vagas: 16

07/05 – Espetáculo “Erranças”, com Gabriela Santana

20h – Local: Teatro Paulo Pontes

Preço: R$ 5 (meia entrada) e R$ 10 (inteira)

 

Teatro

06/05 – Homenagem a Cristovam Tadeu, com maestro Carlos Anísio, o ator Edilson Alves e convidados

20h – Local: Teatro Paulo Pontes

Gratuito

 

Circo

07/05 – Espetáculo Scabum

16h – Local: Teatro Paulo Pontes

Preço: R$ 5 (meia entrada) e R$ 10 (inteira)

 

Informações: 3211-6225

Realização: Funesc / PBGás

Patrocínio: O Boticário na Dança

 

 

Deixe uma resposta