Funesc recebe usuários do Complexo Juliano Moreira para atividade circense

Palhaço Dadá recepcionará usuários do complexo Juliano Moreira
Palhaço Dadá recepcionará usuários do complexo Juliano Moreira

O Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira vai levar nesta quarta-feira (5), às 14h30, os seus usuários para a “Escola do Circo” do Espaço Cultural. A ação é resultado da parceria da Secretaria de Estado da Saúde (SES) com a Fundação Espaço Cultural (Funesc), e vai permitir a expansão do projeto de humanização Beija-Flor, desenvolvido pela instituição, que oferece diversas atividades aos pacientes no intuito de tirá-los de dentro da estrutura de concreto para conhecer outros meios e auxiliar na recuperação.

“As atividades externas contribuem para a estabilidade emocional e psíquica dos usuários do Juliano e, desta forma, contribuem para a diminuição do tempo de internação”, disse o diretor geral do Complexo, Valter Franco.

Serão 25 usuários que participarão de uma atividade na Escola do Circo Djalma Buranhêm, ao lado do ator, cenógrafo, artista plástico, palhaço e arte-educador Dadá Venceslau. “Eles terão uma tarde completamente diferente, onde aprenderão e, em seguida, apresentarão algumas técnicas circenses, resgatando, assim, a alegria que é despertada em todos nós sempre que vamos ao circo”, disse a chefe do Núcleo de Ações Estratégicas, do Juliano Moreira, Ana Karina Soares.

Ana lembrou que, além da “Escola do Circo”, a parceria permite que os usuários participem de várias atividades desenvolvidas pelo Espaço Cultural, a exemplo do planetário; feiras de produtos artesanais, com exposições e vendas de objetos feitos por eles e até apresentações da Orquestra Sinfônica da Paraíba.

“Percebemos que estes eventos promovem a inclusão no convívio social; a quebra dos estigmas e preconceitos. Percebemos que a sociedade passa a olhar pra eles de forma mais acolhedora e inclusiva”, declarou.

O Projeto Beija-Flor disponibiliza ainda, dentro do Complexo, o Espaço de Convivência Nise da Silveira, que integra a praça “Beija-Flor”, a sala “Espaço Luz”, para produção de artes plásticas e a biblioteca “Arco-Íris”. O objetivo do Centro é colocar o paciente em companhia da natureza e dar a oportunidade de participar de diversas atividades dentro do Juliano.

Um comentário em “Funesc recebe usuários do Complexo Juliano Moreira para atividade circense

  • 5 de abril de 2017 a 12:05
    Permalink

    Parabéns que trabalho belíssimo socializar é fundamental. Tel Pastel Ator Social e Palhaço.

    Responder

Deixe uma resposta